Mel

A abelha elabora o mel a partir do néctar coletado das flores ou das secreções provenientes das plantas, adicionando emzimas e utilizando a invertase para converter a sacarose em glicose e frutose.
O mel contém na sua composição média 18% água, 81% de açúcares (principalmente frutose, glicose, sacarose e maltose). O 1% restante contém aminoácidos, vitaminas, enzimas e sais minerais.
A coloração, o aroma e o sabor do mel variam de acordo com sua origem floral, quanto mais escuro for, mais sais minerais poderão ser encontrados em sua composição.

Cristalização
é um processo natural do mel e depende principalmente da sua origem floral, da concentração de glicose, do teor de umidade, da temperatura ambiente e da presença de partículas, como grãos de pólen. O mel cristalizado não perde suas propriedades nutricionais. Para descristalizá-lo, colocar em banho-maria, com temperatura inferior a 50%C.

Indicações e consumo
O mel é um alimento natural, e nutritivo, facilmente assimilado pelo organismo humano, fornecendo energia. Um quilo de mel fornece em torno de 3.400kcal. É considerado um complemento alimentar contendo aminoácidos, sais minerais, vitaminas e enzimas, substituindo com vantagens muitos produtos.

O mel também pode ser usado para fins estéticos, sendo um ótimo cosmético para pele ou um shampoo revitalizante para os cabelos. Veja o video abaixo.